Finidade.

19:20 Kamila Siqueira 3 Comments

15/09/2009


- Acho que é uma mariposa.
Ela discordou.
- É uma borboleta. As mariposas mantém as asas abertas quando pousam, as borboletas fecham as asas. - Ela se aproximou da borboleta até quase tocá-la. Era tão bonita que só não a tocou por medo de assustá-la. - Pena que só vivem algumas semanas...
- Não sabia que você entendia de borboletas...
Ao ouvir aquelas palavras, ela ficou pensativa por alguns segundos.
Pensou na felicidade, aquele castelo de cartas pronto para desabar a qualquer momento.
Pensou nos dias perfeitos de sol e sorrisos.
E pensou naquele sentimento bonito que habitou sua alma por tanto tempo e que agora não estava mais lá.
Declarou, por fim:
- Eu entendo do que é efêmero.
E não estava se referindo às borboletas.

3 Comentários:

(Falando baixinho) Oi, adorei esse seu espaço aqui.(Falando no tom normal)Eu também escrevo, meu blog se chama meu caminhar.(Falando alto) Vai lá!
Um abraço(te encontrei na comunidade da Rita)

milamione disse...

simplesmente lindo!
adoro vir aqui =)
bjoo

heloísa lyra disse...

Muito bonito seu texto. Parabéns.