Seis minutos

19:37 Kamila Siqueira 1 Comments

21/02/2011

 Não é necessário muito tempo para que uma vida mude. A cada segundo o mundo sofre mudanças, às vezes tão pequenas que são quase imperceptíveis. Já observou o quão rapidamente as cores do céu costumam mudar? Eu não consigo enxergar todos os tons de azul. Mas sei que eles estão em constante mudança.
Também não são necessárias muitas coisas para que uma vida mude. Uma palavra, um gesto, um rápido pensamento e voilà: o mundo inteiro está diferente. Mais rápido que um piscar de olhos. O que realmente leva tempo é digerir e entender a nova realidade. E constantemente o tempo que levamos para aceitar as mudanças corresponde ao tempo que o mundo leva para mudar tudo de novo.
Seis minutos. É o tempo que levo para me levantar da cama depois de acordar, todos os dias. É o tempo que gasto para praticar pequenas ações do cotidiano. É o tempo exato que levo para sair da minha casa e chegar em um lugar que costuma me deixar alegre. E é o tempo que leva para que o mundo inteiro mude. Seis minutos. Quantas coisas inacreditáveis podem acontecer nesse espaço de tempo? Quanto desse tempo é usado para pensar em uma possibilidade e quanto é usado para tomar uma decisão? Existe espaço para a dúvida dentro destes seis minutos?
Eu não sei responder nada. Não sei nem mesmo de quanto tempo precisamos para compreender tantas mudanças repentinas. Talvez não estejamos prontos para entender. Ou talvez entender não seja assim tão importante quanto aceitar. Talvez não somos nós os responsáveis por explicar.
O que sei é que às vezes a única coisa que podemos fazer para contornar as mudanças desagradáveis é torcer para que não demore muito mais que seis minutos para que tudo mude de novo. E para melhor.

1 Comentários:

Tamyres Palma disse...

Às vezes seis minutos mudam tudo. E de repente estamos de pés ao ar.

Mas seis minutos também são suficientes para nos trazer alegrias imensuráveis.